top of page

1 milhão para combater a desertificação

Rearborização na quinta de Moreirola envolve 200 mil novas plantas e a recuperação das linhas de água.



O projeto REACT MORE – Ação de Reflorestação e Combate à Desertificação da quinta de Moreirola, é o resultado de uma parceria entre a empresa pública Florestgal, S.A., o CoLAB ForestWISE - Laboratório Colaborativo para a Gestão Integrada da Floresta e do Fogo e a APATA - Associação de Produtores Agrícolas Tradicionais e Ambientais.

A execução das ações em curso inclui a rearborização de 273 ha de eucaliptal com espécies autóctones; atividades de monitorização de ensaios piloto (para avaliar o impacto das operações na biodiversidade, na estrutura dos solos e no regime hídrico das parcelas); a recuperação das linhas de água; e atividades de comunicação e sensibilização da comunidade local.

"Este investimento vai permitir a promoção do desenvolvimento de espécies florestais autóctones, de crescimento lento, tolerantes e produtoras de frutos que constituem uma importante fonte de alimentação para a avifauna presente na região", afirma o autarca de Figueira de Castelo Rodrigo

A Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo acompanha de forma empenhado a execução do investimento de cerca de 1 milhão de euros, financiado pelo programa REACT EU do COMPETE 2020.

Até ao final de 2023 a #FlorestGal está executar um plano de recuperação dos solos e dos ecosistemas degradados na sua quinta da Moreirola, numa área classificada com elevada susceptibilidade à desertificação, através da rearborização com 200 mil plantas utilizando espécies como o sobreiro, a azinheira, o medronheiro, o freixo e o lódão.

Na opinião do presidente da autarquia “o investimento vai dinamizar a economia do concelho, ao mesmo tempo que irá revigorar o tecido empresarial e criar postos de trabalho", considerando a exigência de execução e a mão-de-obra necessária.

Comentarios


bottom of page